Breaking News
recent

Maçã

Nomes Populares - Maçã (macieira)

Nome Científico - Malus sp. / família Rosaceae.

Origem - Europa e Ásia

Partes usadas - Folhas e frutos.

Características da planta - Árvore que chega a 10 metros de altura. Tronco de casca parda, lisa e copa arredondada. Flores brancas ou róseas, aromáticas.


Fruto – Fruto globoso ou deprimido com uma profunda depressão no ponto de inserção da haste que o prende aos ramos. De coloração vermelha ou verde podendo apresentar pequenas manchas esverdeadas ou amareladas. Surge de fevereiro a abril.

Cultivo - Exige clima temperado para se desenvolver. Solo sílico-argiloso e profundo. As variedades mais cultivadas são: gala, golden, delicious e fuji, que variam na textura e sabor da polpa.

Conservação - Qualquer maçã não cultivada organicamente deve ser bem escovada com água morna e detergente, e depois muito bem enxaguada. Deve ser armazenada embrulhada, na geladeira.


Composição média por 100 gramas










Informações gerais - Nas regiões temperadas, a macieira é cultivada há muitos milênios. A antiguidade da participação da maçã na vida do homem é um fato de notório saber: Histórias envolvendo os frutos da macieira podem ser encontradas em lendas e em mitos provenientes de distintas civilizações habitantes de localidades muito distantes.

Até os dias de hoje não se sabe ao certo quando e onde se originou a macieira, e qual ou quais foram as espécies silvestres que deram origem à maçã contemporânea, cujas variedades são atualmente conhecidas. Podem ser, por exemplo, a malus sylvestris, originária da Europa, a malus prinifolia, originária do cáucaso e de parte da Rússia, ou todas elas em conjunto.

Em suas variedades, os frutos da macieira podem ser distinguidos e agrupados por suas qualidades e sabor, tamanho, forma, aparência e consistência da polpa e da casca, e por suas distintas utilidades.

Basicamente as maçãs podem ser de três tipos: de mesa, de cozinhar ou próprias à fabricação da sidra ou do vinagre. Apesar das inúmeras variedades de maçã existentes, uma mesma árvore pode fornecer frutos com diferentes aproveitamentos, de acordo com a sua classificação.

Assim após passarem por uma primeira seleção, as maçãs cuja forma, cor, tamanho e aparência da casca apresentem melhor aspecto comercial, são embaladas cuidadosamente para o consumo in natura, e as frutas com algum dano de qualidade ou fora das especificações são destinadas à fabricação de subprodutos tais como: suco, sidra, vinagre, álcool, geléias, compotas, doces, etc. De fato o seu alto teor de potássio e pela capacidade de produzir boas qualidades de fibras, a maçã é fruta indicada para a manutenção da saúde, para prevenção de doenças cardíacas e de excesso de colesterol no sangue, e para dietas alimentares de emagrecimento.

Muito bem adaptadas aos climas regionais brasileiros, provém especialmente do Sul e do Sudeste do país, onde os estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná são responsáveis pela quase totalidade do volume produzido. As maçãs brasileiras chegam atualmente
a ultrapassar em qualidade e preferência do consumidor brasileiro, os produtos de reputação tradicional, como as famosas maçãs argentinas.

Data Edição: 23/01/2003
Fonte: Revista Plantas e Ervas

Raphael Chespkassoff

Raphael Chespkassoff

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.